A AMEPN, conhecedora e documentada que está de grande parte dos pontos críticos da nossa Freguesia, que podem desencadear, a qualquer momento, acidentes graves de consequências imprevisíveis, tem vindo a alertar quem de direito, numa atitude de prevenção sem alarmismos ou conflitualidades, para que se proceda à devida manutenção e correcção. Nestas situações, a política do “deixa andar” é sempre um mau hábito e uma má conselheira.

É disso exemplo o alerta por nós desencadeado perante a Junta de Freguesia, em dezembro de 2018, sobre a situação em que se encontrava, e assim continua, o Passadiço da Doca dos Olivais. Alertámos para esta infraestrutura, pelo esperado número de pessoas durante o fogo de artifício da passagem de ano, aconselhando a sua vedação, pelo impacto do peso correspondente na estrutura de betão que a suporta, como pode ser constactado através do Relatório da Vistoria que se junta, realizada em Janeiro de 2016.

 

(Aceda ao conteúdo do ficheiro)